Remédio em comprimido e Pomada para Herpes Zoster Cobreiro (Tratamento)

Quando criança, ao sermos infectados pelo vírus da Catapora, mesmo depois do tratamento, o vírus não vai embora, mas se aloja no corpo, mais especificamente na corrente sanguínea, onde se mantém inativo por um bom tempo.

Quando volta a se manifestar motivado pela debilidade no sistema imunológico do corpo, o vírus apresenta sintomas na pele que denominamos de Cobreiro.

Para entender mais sobre esse vírus, é importante que você leia o texto até o final e também vamos aproveitar para citar algumas opções em remédio para combater o problema e pomada indicada para a Herpes Zóster que os médicos costumam recomendar.

O que é

Também conhecido como “Cobreiro” Herpes Zóster é uma doença causada pelo mesmo vírus causador da Catapora na infância.

Acontece que, quando vírus causa a infestação para Catapora, mesmo combatida a doença, o vírus permanece no corpo, apenas em estágio adormecido para que em, algum momento no futuro, aproveitando o estado débil do sistema de proteção do corpo, ele volte a se manifestar, agora na forma de cobreiro sobre a pele com sintomas que se destacam especialmente na região do Tórax ou da barriga.

Causas

Quando o indivíduo sofre de Catapora, o vírus é disseminado na corrente sanguínea para infectar as células nervosas (gânglios) dos nervos espinhais ou cranianos. O vírus, como já mencionamos permanece adormecido por anos e pode até não se manifestar mais.

Quando se torna ativo novamente, o vírus se desloca através das fibras nervosas na pele provocando as ulcerações dolorosas, muito semelhante à Catapora.

É importante salientar que as ulcerações limitam-se quase sempre à área da pele apenas e somente de um lado do corpo. Essa faixa da pele afetada que é abastecida por fibras nervosas em um único nervo espinhal denomina-se de Dermatoma.

Sintomas do Cobreiro

Os sintomas mais comuns que caracterizam a doença Herpes Zóster são:

  • Formação de bolhas na pele e vermelhidão que afetam apenas um lado do corpo, acompanhando a localização de um nervo com um caminho de bolhas e feridas tanto no tórax, como na barriga e também nas costas,
  • Coceira no local afetado que pode ser mais moderada ou mais intensa,
  • Dor e formigamento na pele,
  • Sensação de queimação nas áreas da pele afetadas,
  • Febre baixa que varia entre 37ºC e 38ºC.

Exames de Detecção da Doença

Geralmente a detecção do Herpes Zoster se dá através da citados e apresentados clinicamente pelo paciente.

Os exames podem ser feitos de diferentes maneiras como:

  • Amostras de sangue colhidas para teste de anticorpos VZV;
  • Amostra de líquido de uma vesícula ou bolha;
  • Líquido cefalorraquidiano;
  • Outros líquidos ou tecidos corporais.

Sempre que houver suspeita ou dúvidas quanto aos sintomas do paciente, o médico poderá pedir os exames que deverão ter uma análise cuidadosa.

Prevenção com vacina da Varicela

Desde 2013, o Ministério da Saúde adotou a vacina tetraviral que protege contra caxumba, rubéola, sarampo e varicela ou catapora. Crianças de 15 meses a 2 anos de idade que já tenham sido vacinadas com a tríplice viral contra sarampo, caxumba e rubéola, na primeira dose, podem tomar a tetra.

Essa é uma vacina que leva em consideração a indicação as situações epidemiológicas, e portanto não está disponível de maneira geral na rede do SUS.

Complicações que a Herpes Zoster pode causar

O Herpes zoster pode sim causar algumas complicações, entre elas citamos:

  • Ataxia cerebelar aguda – que pode atingir a fala, a deglutição, movimento dos olhos, braços, pernas, mãos e dedos;
  • Trombocitopenia – a baixa quantidade de plaquetas, que são responsáveis pela coagulação do sangue;
  • Síndrome de reye – uma doença rara que acaba causando inflamação no cérebro, podendo ser fatal;
  • Infecção Secundária da pele – abcessos, impetigo, erisipela, celulite, que são causadas pelo Staphilococcus pyogenes;
  • Infecções Secundárias da pele – como quadros sistêmicos de sepse, com artrite, pneumonia, encefalite ou meningite, endocardite e glomerulonefrite;
  • Infecção fetal – especificamente durante a gestação. e pode levar a embriopatia, com síndrome de varicela congênita como má formação das extremidades do corpo, microftalmia, atrofia óptica, atrofia do sistema nervoso central e catarata;
  • Nevralgia pós herpética – dor sem descanso por 4 a 6 semanas depois do aparecimento das vesículas;
  • Varicela disseminada ou varicela hemorrágica em pessoas com deficiência imunológica.

Pomada Zovirax

Zovirax é uma pomada bastante recomendada como remédio e pomada para Herpes Zóster, um medicamento que pode usado tanto em bebês como em crianças e também adultos.

O medicamento também é apropriado para tratar da Meningoencefalite herpética e outras complicações de saúde.

Substância ativa nesse medicamento – cada grama da pomada dermatológica contém 50 mg de Aciclovir.

Como usar esse medicamento – a pomada deve ser aplicada sobre as regiões da pele a serem tratadas com a ajuda de um gaze, sempre com camadas finas. As aplicações devem ser feitas 5 vezes ao dia com intervalos de aproximadamente 4 horas, ignorando-se o período da noite.

O tratamento deve persistir por 10 dias consecutivos e, se os resultados esperados não forem conseguidos, melhor é conversar com o médico em busca de outra solução.

Efeitos adversos desse medicamento – esse medicamento pode apresentar uma variedade de efeitos adversos, alguns, inclusive bem comprometedores. Por isso, é importante que todo o tratamento seja supervisionado pelo médico dermatologista responsável.

Valor desse medicamento – a embalagem com 10 gramas da pomada Zovirax tem um valor aproximado de R$ 49,00 reais.

Aciclovir Comprimidos

 

Aciclovir é mais uma opção como remédio e pomada para Herpes Zoster que pode ser recomendada pelos médicos.

O medicamento é indicado para tratar da doença seja na fase inicial ou recorrente e, além disso, pode ser usado para tratamento de pacientes com o sistema imunológico seriamente comprometido.

Sustância ativa nesse medicamento – cada comprimido contém 200 mg ou 400 mg de Aciclovir.

Como usar esse medicamento – para tratar a Herpes Zoster em adultos, a recomendação é de 2 comprimidos de 400 mg ingeridos 5 vezes ao dia, ignorando-se o período da noite. O tratamento deve ter um período de 7 dias, não mais que isso.

Efeitos adversos desse medicamento – entre os efeitos mais comuns que esse medicamento pode apresentar estão:

  • Dor de cabeça,
  • Náuseas,
  • Vômitos,
  • Dores abdominais,
  • Coceira na área do corpo tratada,
  • Tonturas,
  • Diarreia,
  • Erupções cutâneas,
  • Sensação de fadiga,
  • Febre de baixa intensidade.

Contra-indicações – esse medicamento é contra-indicado para pacientes sensíveis à sua fórmula.

Valor desse medicamento – a embalagem com 30 comprimidos de Aciclovir 400 mg tem um valor aproximado de R$ 180,00 reais.

Pomada Aciclomed

A pomada Aciclomed e um poderoso medicamento anti-viral bastante recomendado para combater o vírus Herpes Simplex e vírus Varicela-Zoster (Herpes Zoster).

O medicamento tanto pode ser usado para tratamentos iniciais da infestação ou para casos recorrentes.

Substância ativa nesse medicamento – cada grama da pomada Aciclomed contém 50 mg de Aciclovir.

Como usar esse medicamento – a pomada Aciclomed deve ser aplicada tanto sobre as feridas já existentes como também nas feridas que estão se formando. As aplicações devem ser feitas com a ajuda de um gaze até 5 vezes ao dia, sempre ignorando o período da noite.

O tratamento deve ser feito por um período de 5 dias e se os resultados não forem alcançados nesse período deve-se persistir com o tratamento por mais 5 dias. Se ainda assim, as lesões persistirem, melhor é largar o tratamento e buscar por ajuda médica.

Valor desse medicamento – a embalagem com 10 gramas da pomada Aciclomed tem um valor aproximado de R$ 15,00 reais.

Dosagem de medicação para Crianças

Os medicamentos à base de Aciclovir devem ser rigorosamente administrados de acordo com a prescrição médica. E quando se trata de crianças, os cuidados devem ser redobrados.

Para menores de 2 anos de idade não existe comprovação quanto ao uso deste medicamento.

Já em crianças a partir de 2 anos e até os 12 anos de idade, que possuam de 40 kg para cima, a dosagem do medicamento deverá ser igual a dos adultos.

O medicamento deverá ser distribuído em 4 doses diárias, nunca excedendo a quantidade máxima de 800mg/dia. Esse tratamento deve ser mantido por 5 dias, em horários estabelecidos.

Dosagem de medicação Adultos

Para os adultos também a dosagem deve ser estabelecida a critério médico. E para tanto provavelmente a administração deverá ser de 1 comprimido de 200mg 5 vezes ao dia. No entanto deverá ser estendido em infecções iniciais graves.

Em pacientes com imunidade baixa, como por exemplo, com transplante de medula, ou com distúrbio de absorção intestinal, a dosagem poderá ser dobrada para 400mg. Ou então, poderá ser pensada nas dosagens intravenosas.

Assim que surgir a infecção, deverá ser adotado o tratamento para que o combate seja mais eficiente. Em situações recorrentes, o tratamento também deverá ser começado assim que aparecerem os primeiros sintomas.

Já em paciente  imunocompetentes deve-se administrar 1 comprimido de 200mg 4 vezes ao dia com intervalos de 6 horas.

Em algumas situações o tratamento poderá ser feito apenas 2 vezes ao dia com dosagens de 400mg. Pode-se ainda reduzir para 1 dose de 200mg por 3 vezes ao dia, ou 2 vezes ao dia com dosagens de 200mg.

*É importante salientar que sempre será o médico que irá definir a dosagem do tratamento, dependendo de cada caso.

Aciclovir Endovenoso

À base de Aciclovir sódico, que deve estar sob temperatura estável de 15 a 25°C, e não deve ser refrigerado.

A dosagem necessária deverá ser via endovenosa de maneira lenta, num período de 1 hora. A dosagem deverá ser antes reconstituída com a adição de 10ml de água ou cloreto de sódio. Deve ser agitado até que o pó se dissolva completamente, mas de leve.

A dosagem deve ser de mais ou menos 5mg/kg a cada 8 horas. Já paciente imunocomprometidos devem aumentar a dosagem para 10mg/kg a cada 8 hors.

Em pacientes transplantados de medula óssea, deverá ser uma dosagem de 500mg/m² a cada 8 horas por um período de 15 a 30 dias.

Essa droga antiviral vem também em forma intravenosa, muito utilizado em paciente imunossuprimidos, especialmente os que possuem a Síndrome da imunodeficiência adquirida e também em pacientes submetidos a transplantes, de medula como de rins entre outros.

É importante ter conhecimento de sua farmacologia e também dos efeitos colaterais do mesmo, pois pode apresentar nefo e neurotoxidade.

No entanto, é rapidamente eliminado pela urina e alcança altas concentrações intratubulares. Infusões endovenosas rápidas ou dosagens elevadas, e a baixa solubilidade deste medicamento pode causar insuficiência renal aguda.

Apesar de com baixas possibilidades, podem acontecer as reações adversas como tonturas, alergias, náuseas, flebite, urticária e erupções,  aumentos reversíveis das enzimas hepáticas, aumento dos níveis plasmáticos, de ureia e creatina e pruridos.

O preço deste medicamento é de mais ou menos 264 reais  a ampola ou mais, dependendo de onde for comprado.

Bom, agora você já sabe que o Remédio em comprimido e Pomada para Herpes Zoster mais utilizado é o Aciclovir que é um princípio ativo. Mas que pode ser comercializado também com outros nomes comerciais como Zovirax, Aciclomed entre outros.

Lembre-se ainda que medicamento algum deve ser usado sem a prescrição médica, que deve ser rigorosamente seguida.

 

Leia também: