Pomada e comprimido para Herpes Labial e Genital

Todo ser humano está sujeito a sofrer com as infestações de micro-organismos que causam males diversos ao organismo, pois na verdade, eles habitam a pele naturalmente e aproveitando um momento em que o sistema de proteção do corpo se encontra debilitado, podem causar as infestações e os danos diversos à saúde.

Entre esses micro-organismos, podemos citar os vírus como o Herpes Simplex e sobre ele vamos tecer alguns comentários e aproveitar para citar alguns medicamentos na forma de pomada para passar na ferida do lado da boca conhecida como Herpes Labial que é um dos danos que o Herpes Simplex pode apresentar ao ser humano.

O que é Herpes no lábio

Denomina-se Herpes Labial uma infecção contagiosa de origem viral que também pode alcançar a parte interna da boca chegando às gengivas.

Essa infecção é causada pelo vírus Herpes Simplex e sua principal característica é o surgimento de pequenas bolhas ou vesículas agrupadas junto aos lábios, que apesar de pequenas, são bem doloridas.

O curioso nessa doença é que boa parte dos seres humanos são portadores desse vírus, mas nem sempre ele se manifesta.

Quando porém, ocorre a manifestação, podem aparecer os sinais, mais de uma vez  durante um ano. E como é uma doença contagiosa, deve ser acompanhada e controlada para evitar sua propagação.

Essas bolhas normalmente ficam visíveis por até 6 a 10 dias e em seguida desaparecem, surgindo novamente somente depois de alguns meses.

O que é Herpes Genital

Já no caso do Herpes Genital, as bolhas ou vesículas aparecem nos órgãos genitais. São bolhas bastante dolorosas e são constatadas como infecção transmissível sexualmente.

Existem regiões do mundo, especialmente na África onde uma porcentagem de 50 a 90% da população já está contaminada com este vírus, VHS-1 e VHS-2. Já a Europa é uma das regiões onde não existe muita propagação dessa contaminação.

Sintomas nos lábios

Essa que é uma doença altamente contagiosa, fica ainda com maior risco de contaminação, quando as vesículas estão aparentes e podem estourar. Quando isso acontece, tudo o que entrar em contato poderá ficar contaminado, certamente.

Entre os sintomas que a Herpes Labial costuma apresentar estão:

  • Surgimento de bolhas brancas que podem coçar ou mesmo doer,
  • Vermelhidão na pele,
  • Dor de garganta,
  • Febre que pode durar de 2 a 5 dias,
  • Queimação na pele no local afetado,
  • Sensibilidade e formigamento nos lábios,
  • Dificuldades para engolir por conta da dor,
  • Bolhas pequenas e persistentes,
  • Feridas próximas aos lábios que são bem persistentes e não curam.
  • entre outros sintomas.

Sintomas na Genitália

Geralmente na primeira crise da Herpes não existem sintomas aparentes. No entanto quando recorrente este passa a apresentar alguns sintomas como:

  • Formigamento;
  • Coceira;
  • Mal estar geral;
  • Queimação;
  • Febre;
  • Fadiga;
  • Gânglios inchados na virilha;

Nos homens estas vesículas podem aparecer no pênis, escroto, nádegas, uretra e ânus.

Nas mulheres estas vesículas podem aparecer nas nádegas, entrada da vagina, vulva, colo do útero.

Diferenças Herpes e Boqueira

Herpes Labial – a Herpes Labial não tem nada a ver com a Boqueira, pois a primeira, trata-se de uma manifestação viral causada pelo Herpes Simplex tipo 1 ou VHS-1, e se manifesta com lesões pequenas com bolhas doloridas tanto na pele ao redor da boca como no seu interior na região das gengivas.

Boqueira – com respeito à Boqueira, também conhecida como Queilite Angular é uma infestação por fungos ou bactérias que causa uma ferida em um ou nos dois lados da boca, bem no canto onde se unem o lábio superior com o inferior.

Apesar de também tratar-se de uma doença contagiosa, essa não é tão grave como a Herpes Labial e acontece apenas do lado de fora da boca, muito comum em pessoas que apresentam um excesso de saliva e costumam lamber os lábios.

Enquanto a Herpes Labial não tem cura, mas pode ser controlada, a Boqueira é facilmente curada e por vezes, basta manter a pele nos cantos da boca bem seca e hidratada.

Pomada Oralherp

Oralherp é uma pomada para Herpes Labial que oferece bons resultados para combater essas infecções. O medicamento é indicado para tratar feridas abertas e pode ser usada em indivíduos a partir dos 3 anos de idade.

 

Substâncias ativas nesse medicamento – essa pomada contém em sua composição os seguintes ingredientes:

  • Mel,
  • Glicerol,
  • Nuggets de uva,
  • Chá Verde,
  • Extrato do fruto do Sabugueiro Nigra,
  • Goma Xantana.

Como usar esse medicamento – aplique a pomada diretamente sobre as feridas 3 a 4 vezes ao dia até desaparecerem os sintomas. Para evitar a contaminação do tubo, faça uso de um gaze para aplicar a pomada.

Valor desse medicamento – a embalagem com 6 ml da pomada creme Oralherp tem um valor aproximado de R$ 41,00 reais.  Esse medicamento é importado e pode ser encontrado facilmente nas lojas online.

Pomada Fenivir

Fenivir é uma pomada para Herpes Labial que não necessita de receita médica para o tratamento. A pomada é indicada para os adultos e crianças acima de 12 anos de idade.

Substância ativa nesse medicamento – cada grama da pomada contém 10 mg de Penciclovir.

Como usar esse medicamento – a recomendação médica em geral é que a pomada seja aplicada sobre a ferida da Herpes Labial a cada 2 horas por um período de 4 dias consecutivos.

Efeitos adversos desse medicamento – o uso desse medicamento pode causar os seguintes efeitos adversos:

  • Ardência no local do tratamento,
  • Sensação de picada,
  • Formigamento,
  • Coceira na pele e inchaço.

Efeitos adversos desse medicamento – esse medicamento é contra-indicado para pessoas com menos de 12 anos de idade e para pacientes com sensibilidade à sua fórmula.

Valor desse medicamento – esse medicamento é importado e pode ser encontrado nas lojas online com valores a partir de R$ 41,00 reais para uma embalagem com 2 gramas.

Pomada Penvir creme

Penvir é um medicamento recomendado para tratar da Herpes Labial, herpes Zoster agudo, infecções mucocutâneas causadas pelo herpes simplex, recorrentes, para Herpes Genital e recorrente, entre outras situações.

Substância ativa nesse medicamento – a substância ativa nessa pomada creme é o Penciclovir a 1%.

Como usar esse medicamento – a pomada deve ser aplicada diretamente sobre as feridas da herpes labial. A recomendação sobre a dosagem desse medicamento deve ser estipulada pelo médico que antes fará uma avaliação do quadro clínico do paciente.

Efeitos adversos desse medicamento – os efeitos adversos mais comuns que esse medicamento pode apresentar são:

  • Ardência na pele no local tratado,
  • Dor,
  • Irritação passageira,
  • Coceira no local da aplicação.

Contra-indicações – esse medicamento é contra-indicado para pessoas com sensibilidade à sua fórmula.

Valor desse medicamento – a embalagem com 5 gramas da pomada Penvir tem um valor aproximado de R$ 33 reais e pode ser facilmente encontradas nas lojas online.

Aciclovir 200 mg Comprimidos

Trazendo como princípio ativo o próprio Aciclovir, este é um fârmaco antiviral potente que age contra o Herpes Zoster, vírus da vacilcela Zoster, e também o Herpes Simplex tipos 1 e 2, contra o vírus Esptein Barr e o Citomeglovírus. Sua ação é a de bloquear a multiplicação desses vírus no organismo.

Portanto é um medicamento que trata e previne as infecções recorrentes, apesar do Herpes não ter cura.

O tratamento deve ser feito de acordo com as prescrições médicas, seguindo exatamente os horários e o tempo de tratamento para que os resultados sejam eficientes.

No caso do Herpes Simplex, em adultos o tratamento deve ser com comprimidos de 200mg, de 6 em 6 horas, ou seja, 4 vezes ao dia.

Nos casos de insuficiência renal, as doses devem ser reduzidas para um comprimido de 200mg 2 vezes ao dia, ou seja, a cada 12 horas.

O medicamento poderá causar reações adversas como:

  • Tonteira e dor de cabeça;
  • Enjôos e vômitos;
  • Diarréias e dores abdominais;
  • Coceiras e vermelhidão;
  • Protuberâncias na pele que podem piorar com a exposição ao sol;
  • Febre e sensação de cansaço;

E ainda:

  • queda do cabelo;
  • Urticária;
  • Falta de ar;
  • Anafilaxia;
  • Aumento de substâncias no sangue como creatina e ureia;
  • Angiodema, entre outros.

O preço deste medicamento varia, mas é de mais ou menos 106 reais a caixa com 25 comprimidos genéricos. E pode ser encontrado em todas as farmácias e drogarias do país.

Penvir 500 mg Comprimidos

Trazendo como princípio ativo o Fanciclovir este medicamento comercializado com Penvir 500 mg Comprimidos é indicado para o tratamento de Herpes Zoster agudo, Infecções por Herpes simplex, tratamento ou supressão do herpes genital recorrente e tratamento ou supressão infecções  mucocutâneas recorrentes.

Na ação deste medicamento, o princípio ativo rapidamente se transforma em penciclovir, e vai em direção as células afetadas, onde é finalmente convertido em trifosfato, permanece nas células por mais de 12 horas, inibindo a reprodução do DNA do vírus.

Os comprimidos devem ser criteriosamente indicados pelo médico devendo ser administrados com ou sem o acompanhamento de alimento.

Para o Herpes Genital, o tratamento num primeiro episódio deverá ser de até 3 comprimidos de 250 mg por dia, por 5 dias, devendo ser começado o mais cedo possível.

Já o de 125mg deve ser usado em casos recorrentes 2 vezes por dia durante 5 dias.

E o comprimido de 500 mg, deverá ser usado nos casos de Herpes Zoster.

Apesar de ser bem tolerado, este medicamento poderá causar:

  • Dor de cabeça;
  • Diarréia;
  • Tontura;
  • Fadiga;
  • Gases;
  • Irritação intestinal;
  • náuseas;
  • Parestesia;
  • Prurido e vermelhidão na pele.

A caixa com 21 comprimidos revestidos pode custar até 457,26 reais.

Precauções durante o uso da medicação

Existem cuidados que devem ser considerados na hora de administrar qualquer medicação dessa natureza. Por isso é importância estar a par de todo o enunciado da bula.

  • Deve ser tirada a dúvida sobre a questão de conter lactose na fórmula para quem é intolerante;
  • Pessoas com comprometimento renal devem ter a dose ajustada segundo o seu caso;
  • Deve-se tomar cuidado ao administrar a pessoas ou crianças menores de 18 anos;
  • Herpes genital é Doença Sexualmente Transmissível, e portanto deve tomar o cuidado para não manter relação sexual em sintomas agudos, mesmo estando usando o medicamento;
  • Não devem ser usados por grávidas, a menos que seja prescrito criteriosamente pelo médico;
  • Não devem ser usados por mulheres em fase de amamentação.

Tratamento com Banho de Assento (Natural)

Especialmente para o Herpes Genital, pode ser adotado um tratamento complementar através do banho de assento.

Existem várias opções de banhos, veja a seguir:

Banho com manjerona

Com alto poder antiviral e analgésico, a manjerona poderá diminuir a irritação e a dor que o herpes causa. Porém deve estar sempre associado ao tratamento médico. Veja:

Ingredientes

  • 2 colheres de folhas de manjerona
  • 1 xícara de água fervendo

Como fazer

Coloque a manjerona num recipiente e jogue a água fervente em cima. Deixe descansar por uns 10 minutos na vasilha tampada. Depois fazer banhos de assento numa bacia bem limpa e higienizada. Repetir o procedimento umas 4 vezes ao dia.

O herpes é uma doença que não tem cura, mas aqui você viu que existem possibilidades variados tipos de Pomada e comprimido para Herpes Labial e Genital, que quando usados corretamente podem trazer grande alivio e o controle do problema.

Leia também: