Pomada para Fimose e a Cirurgia para Tratamento

Sempre que nasce um bebê menino é perfeitamente normal que a pele do Prepúcio que cobre a Glande venha grudada na glande, isso acontece até mesmo para proteger o bebê de possíveis infecções que podem se apresentar nos primeiros dias ou meses de vida.

Porém, a tendência é que essa pele se rompa naturalmente sem apresentar maiores danos à criança e a isso damos o nome de Fimose Fisiológica.

Porém, se com o passar dos anos a pele do Prepúcio não se desprender, isso é um fato anormal e vai precisar de uma pomada para passar na glande e tratar a Fimose em Bebê e criança pequena que o médico pediatra deverá recomendar para contribuir com esse rompimento.

O que é fimose

Denomina-se de Fimose uma condição no bebê menino em que existe a dificuldade ou mesmo a incapacidade de expor a Glande para deixar a cabeça do Pênis exposta.

Como já adiantamos, essa é uma condição considerada muito comum se problema deixa de existir dentro do primeiro ano de vida ou quem sabe até os 5 anos de idade.

Porém, existem casos em que o rompimento não vai acontecer naturalmente e, por isso será necessário um tratamento específico ou mesmo uma cirurgia que deverá ser recomendada pelo médico de acordo com o quadro clínico da criança.

Sintomas Observados

Entre os sintomas mais comuns da Fimose tanto em crianças como em adultos, podemos mencionar:

  • Ardência ao urinar,
  • Dor ao urinar,
  • Inchaço no pênis,
  • Acúmulo de secreções no pênis que contribuem para lubrificá-lo,
  • Dores no momento de praticar o sexo (adultos),
  • Possíveis infecções no membro,
  • entre outros sintomas.

A Glande e o Prepúcio

A Glande e Prepúcio, podemos dizer que são 2 elementos inseparáveis nos indivíduos do sexo masculino. Para quem ainda não sabe, a Glande é aquela região sensível situada na extremidade do pênis enquanto que o Prepúcio é a ele que reveste todo o pênis, inclusive essa extremidade.

Naturalmente, o Prepúcio precisa revestir a glande e protegê-la enquanto que também a mantém lubrificada.

Porém, em alguns casos, quando ocorre o excesso de Prepúcio (Fimose), isso poderá trazer alguns transtornos como, por exemplo dificultar no momento de fazer xixi.

Como se sabe, o problema com a Fimose, pode ser percebido ainda nos primeiros meses de vida, mas em geral, costuma desaparecer dentro de alguns anos. Porém, quando o problema não se resolve até a fase da adolescência, melhor é buscar por uma cirurgia (circuncisão), pois, do contrário, poderá prejudicar o rapaz no decorrer de sua vida.

Como se não bastasse os constrangimentos para os homens, o excesso de Prepúcio cobrindo a Glande, ainda existem os riscos de infecções, pois com esse excesso, até a higienização da Glande é dificultada dando oportunidade para os micro-organismos se proliferarem.

Como Diagnosticar

Para diagnosticar a Fimose é muito simples, basta um exame físico. Nesse caso, basta tentar provocar a retração do prepúcio para expor a glande.

Se acaso existir alguma dificuldade ou simplesmente não se conseguir essa exposição, certamente pode existir algum grau do problema. Em geral, a Fimose costuma desaparecer ainda nos primeiros anos, até mesmo pela manipulação do pênis.

Porém, em alguns casos mais severos, é preciso uma estimulação maior feita com alguns medicamentos ou então uma cirurgia que também é conhecida por “Circuncisão”

Graus Apresentados da Fimose

A Fimose pode ser classificada em 5 estágios. Para cada um desses estágios existe um grau de dificuldades para o problema, lembrando que quanto mais complicado para expor a Glande, maior é o grau.

  • Fimose de Grau 1 – apesar de parecer uma fimose menos severa, isso nem sempre é assim. Para se ter uma ideia, nesse grau 1 também podemos incluir a Parafimose caracterizada pela exposição total da glande.

O que acontece é que nessa situação, o tamanho do Prepúcio é bem reduzido e apesar de poder ser exposta, a Glande é praticamente estrangulada, dificultando inclusive, a circulação do sangue nessa área do pênis.

  • Fimose Grau 2 – nesse caso, a Glande fica exposta, porém, não toda. Assim, quando o Prepúcio é retraído, não consegue encolher por completo, formando um anel em torno da cabeça do Pênis.

Nessa situação, mesmo não sendo um problema tão drástico da Fimose, a higiene do órgão sexual masculino já pode ser prejudicada.

  • Fimose Grau 3 – nessa situação, apenas uma pequena porção da Glande fica exposta quando o Prepúcio é retraído. Também nessa condição, a higienização é dificultada.
  • Fimose Grau 4 – para a existência de Fimose considerada grau 4, é possível abrir o prepúcio e observar grande parte da Glande. Porém, nesse caso, o excesso de pele já e considerável deixando a Glande totalmente coberta.
  • Fimose Grau 5 – nessa situação, o excesso de pele do Prepúcio é maior e mesmo com a retração, a glande não poderá ser exposta. Em condições assim, a higienização do pênis é bem comprometida e até mesmo os vestígios de urina podem contribuir para que o indivíduo contraia algum tipo de infecção.

Complicações em Crianças e Adultos

Além da dificuldade com a higienização do Pênis, o que favorece para se contrair uma infecção, quando não tratada de forma correta e em definitivo podem surgir outras complicações, tais como:

  • Condições para infecções mais graves – já adiantamos de que a Glande precisa ser mantida com uma boa higienização. O problema é que quando existe a Fimose com um grau mais elevado, a limpeza é sempre dificultada e isso, certamente vai dar condições para que os micro-organismos como as bactérias se proliferem e causem danos maiores.
  • Necrose – após ocorrer uma infecção mais acentuada ou mesmo grave, sem a devida atenção no tratamento, também ocorre o comprometimento da circulação do sangue.

Por conta disso, vai ocorrer a morte do tecido da Glande que então, precisará ser amputada.

Pomada Postec

Postec é uma das opções em pomada para Fimose em bebês que os médicos costumam recomendar para tratar o problema.

Essa pomada é recomendada para crianças a partir de 1 ano de idade e também para adultos até os 30 anos de idade.

Substância ativa nesse medicamento – cada grama dessa pomada contém:

  • 2,0 mg de Betametasona Base,
  • 150 UTR de Hialuronidase.

Como usar esse medicamento – Postec é um medicamento que deve ser aplicado por via tópica na região do prepúcio. As aplicações devem ser feitas 2 vezes ao dia com intervalo de 12 horas por um período de 3 semanas ou de acordo com a recomendação médica.

Ao final de 3 semanas, se o médico achar necessário após uma avaliação, poderá recomendar o tratamento por mais um período a seu critério.

Efeitos adversos desse medicamento – o uso de Postec pode apresentar os seguintes efeitos adversos:

  • Aumento da circulação sanguínea no local,
  • Irritação que pode vir acompanhada de sensação de queimação, ardor ou inchaço no pênis,
  • Desconforto promovido pelas reações adversas,
  • Inibição na vontade de urinar com retenção da urina,

Contra-indicações – Postec é contra-indicado nas seguintes situações:

  • Para pessoas sensíveis à fórmula do medicamento,
  • Para crianças menores de 1 ano de idade.

Valor desse medicamento – a embalagem com 20 mg da pomada Postec tem um valor aproximado de R$ 109,00 reais.

As massagens

Segundo alguns especialistas, as massagens para contribuir com o rompimento da pele que recobre o Prepúcio não é recomendável, pois existe o risco de micro-lesões que mais tarde poderá levar a uma Fimose verdadeira, além de contribuir com as infecções por micro-organismos.

  • Faça a higienização do pênis com muito cuidado,
  • Se porventura surgirem as assaduras na glande ou no prepúcio, é importante tratar com cuidado para evitar infecções,
  • Não adie uma visita ao médico, especialmente quando surgirem sinais de infecção ou inflamação na cabeça do pênis ou na pele que o recobre,
  • Se o médico recomendar a cirurgia, é importante preparar a criança para que ela a aceite com naturalidade e sem medo.

Circuncisão em Bebês

Como já adiantamos, a Fimose é uma anormalidade que ocorre no prepúcio que recobre a glande e em geral, tudo se normaliza ainda nos primeiros anos de vida.

Porém, para os pais que desejam fazer a circuncisão ou seja a Postectomia, aconselha-se aguardar até que a criança alcance os 2 anos de vida ou antes de completar os 3 anos de idade. Lembrando que quando se trata de Fimose de grau 1, ela geralmente não é necessária.

Até lá, os pais podem fazer leves massagens no pênis da criança com o auxílio de pomadas específicas procurando ajudar a resolver o problema. Não esquecendo que isso, precisa ser feito com a orientação do pediatra responsável.

A cirurgia é muito simples, mas, mesmo assim, inspira cuidados, especialmente para evitar complicações com infecções até que cicatrize. Por conta disso, é necessário que seja feita em ambiente hospitalar.

Essa cirurgia em crianças menores, é feita com anestesia local e leva no máximo 10 minutos. Já quando a criança tem mais de 3 anos de idade, por conta da resistência e por se debater muito, existe a necessidade de anestesia geral.

A dor provocada pela circuncisão e moderada e pode ser amenizada com o analgésico que será recomendado pelo cirurgião.

Até que ponto é necessária a Circuncisão

Ainda com respeito a circuncisão, lembramos que ela é de fato necessária apenas quando existir a anormalidade no prepúcio que compromete a saúde da criança ou do adulto.

Fora isso, se for apenas por questões religiosas como é o caso dos Judeus, a própria OMS adverte que a cirurgia não seja feita, salvo em regiões onde existe maior incidência de epidemias com o HIV.

Quando a Cirurgia é Indicada

A Fimose é muito comum na criança do sexo masculino e em muitos casos o problema se resolve naturalmente.

Em outras situações é necessário o uso de medicamentos para que a pele da Glande se solte, mas em casos mais complicados quando a Fimose compromete o bom funcionamento do pênis, é necessário então uma cirurgia, mas isso, apenas o médico é quem poderá determinar, após uma avaliação do paciente.

Em geral, a cirurgia é recomendada apenas quando outros medicamentos não apresentaram os resultados esperados.

Infecção urinária, infecção no prepúcio, parafimose entre outras situações que provocam muito constrangimento aos pacientes, são motivos suficientes para que a cirurgia seja feita, especialmente quando a glande fica exposta dando oportunidade para que aconteçam as infestações por fungos ou bactérias além de muita dor.

Como é a Cirurgia de Fimose

Quanto à cirurgia de Fimose, essa é feita com anestesia geral e é feita no ambulatório.

Com isso, a criança ou mesmo o adulto pode voltar para casa, pouco tempo depois da cirurgia, mas é importante continuar os cuidados pós-operatório em casa para evitar os riscos de possíveis infecções ou inflamações.

O tempo de recuperação pode variar de 1 a 3 semanas e durante esse período, o operado deverá se manter afastado de atividades que possam comprometer a recuperação da cirurgia. Atividades como brincar com bola, correr, andar de bicicleta, levantar peso (adultos) entre outras atividades.

Após a queda dos pontos e o desaparecimento dos sintomas, o paciente está liberado para algumas atividades, porém, não convém se exceder com atividades como andar de bicicleta ou outras atividades que possam causar lesões ao órgão.

Leia também: