Antibiótico para Garganta Inflamada com Pus (Tratamento)

Dores na garganta com a inflamação são muito comuns especialmente nos meses mais frios do ano quando os micro-organismos se aproveitam de momentos em que o sistema de defesa do corpo se encontra com alguma debilidade e então causam a infestação.

Somente quem já passou pelos transtornos de uma dor de garganta sabe o quanto o indivíduo pode sofrer, tanto por conta das dores como pelos demais sintomas que a acompanham.

Por isso aqui, vamos tecer alguns comentários sobre esse tipo de inflamação  e aproveitar para citar algumas opções em antibiótico para garganta inflamada com pus que o médicos costumam recomendar para o tratamento.

Inflamação por Bactérias

Quando se trata de Dor de garganta, precisamos entender que ela pode acontecer ou devido a uma infestação viral ou por conta das bactérias.

No caso de uma infestação por bactérias, a inflamação causa pus e o catarro pode apresentar-se na cor amarelada ou esverdeada dependendo do grau dessa infestação.

Garganta e Ouvido Inflamados

Inflamação na garganta e ouvido ao mesmo tempo é considerado bastante comum. Os sintomas são bastante desconfortáveis e, ainda mais quando as vítimas são as crianças.

Tanto uma inflamação como uma infecção afetando o ouvido e a garganta, costuma acontecer após uma gripe, infecção na garganta ou respiratória. O que acontece é que a garganta e ouvido são interligados.

Então, quando se trata de uma inflamação apenas, esta é tratada com anti-inflamatórios e analgésicos. Porém, quando se trata de uma infecção provocada por bactérias será necessário o uso de antibióticos que apenas um médico responsável poderá recomendar.

Quando se trata de uma infecção abrangendo a garganta e o ouvido, o paciente poderá apresentar os seguintes sintomas:

  • Febre acima de 38º C,
  • Dor em forma de pontadas, que pode ser mais intensa ou mais branda,
  • Presença de secreção purulenta,
  • Mau cheiro ao falar.

Por vezes a infecção até pode curar-se sozinha, mas quando o sistema imunológico se encontra mais debilitado, não terá outro jeito senão, partir para o médico em busca de tratamento adequado.

Também é importante lembrar que complicações dessa natureza se não forem tratadas em tempo e de forma correta, podem evoluir para problemas mais severos e dificultar a cura.

Causas

As causas para a garganta inflamada são os vírus ou bactérias que se aproveitam de um momento em que o sistema imunológico do individuo se encontra debilitado para se proliferar e causar a infestação.

Além disso, a exposição ao ar poluído com a fumaça e outros tipos de agentes nocivos no ar também contribuem para essas inflamações que geralmente acontecem após uma gripe ou resfriado mal curado.

Sintomas da Garganta

Quando ocorre uma inflamação na garganta os sinais mais característicos são:

  • Garganta seca,
  • Dificuldades para engolir mesmo sendo apenas os líquidos,
  • Mau hálito,
  • Formação de ínguas,
  • Dores na mandíbula,
  • Dor na garganta,
  • Glândulas no pescoço e mandíbula inchadas,
  • Febre,
  • Dor de cabeça,
  • Dores musculares,
  • Formação de muco,
  • Indisposição,
  • Inflamação com pus nas amígdalas,
  • Sensação de garganta aranhada,
  • Voz rouca e abafada,
  • entre outros sintomas.

Anti-inflamatório Nimesulida 100 mg

Nimesulida 100 mg é um poderoso anti-inflamatório que também apresenta ação analgésica e antipirética para combater as dores e inflamações em situações diversas inclusive para combater a inflamação na garganta.

Substância ativa nesse medicamento – a substância ativa nesse medicamento é a própria Nimesulida.

Como usar esse medicamento – esse medicamento deve ser ingerido sempre após as refeições e a forma de uso fica assim distribuída:

  • Nimesulida 100 mg comprimido – ingerir 1/2 a 1 comprimido, duas vezes ao dia,
  • Nimesulida 100 mg comprimido dispersível – dissolver 1 comprimido em meio copo de água, 2 vezes ao dia.
  • Nimesulida 100 mg granulado – ingerir meio ou 1 envelope dissolvido na água, 2 vezes ao dia. Essa dosagem poderá ser aumentada para até 200 mg ao dia e também pode ser dissolvido com suco natural.

Se os sintomas não melhorarem após 5 dias de tratamento o médico precisa ser avisado para buscar por outras providências.

Efeitos adversos desse medicamento – os efeitos adversos que Nimesulida 100 mg pode apresentar são bem variados entre eles estão:

  • Urticária,
  • Coceira,
  • Náuseas,
  • Dor de estômago,
  • Escurecimento da urina,
  • Aumento na transpiração,
  • Dor de estômago,
  • Visão embaçada,
  • Aumento na pressão arterial,
  • entre outros efeitos indesejáveis.

Valor desse medicamento – a embalagem com 12 comprimidos de Nimesulida 100 mg tem um valor aproximado de 19,00 reais.

Amoxicilina Antibiótico

Como antibiótico para garganta inflamada com pus, Amoxicilina é bastante eficaz nos tratamentos em condições bem variadas, uma vez que esse medicamento tem poder para eliminar um grande número de bactérias diferentes.

Entre as complicações de saúde que esse medicamento pode tratar estão: Amigdalite, Sinusite, Infecção urinária, Infecções respiratórias, Infecções dos ouvidos, entre outras.

Substância ativa nesse medicamento – a substância ativa nesse medicamento é a própria Amoxicilina.

Como usar esse medicamento – esse medicamento deve ser usado na seguinte forma:

  • Crianças de 3 anos de idade a 12 anos de idade – a dose recomendada é de 5 ml da suspensão 250 mg/5 ml a cada 8 horas,
  • Crianças até 3 anos de idade – a dose recomendada é de 5 ml da suspensão 125 mg/5 ml a cada 8 horas,
  • Adultos – a dose recomendada é de 5 ml da suspensão 500 mg/5 ml a cada 8 horas.

A dosagem desse medicamento para cada caso, também pode ser modificada de acordo com recomendação médica e crianças pesando 40 kg ou mais deve ingerir o medicamento com dosagem para adulto.

Efeitos adversos desse medicamento – entre os efeitos adversos mais comuns que esse medicamento pode apresentar estão:

  • Diarreia,
  • Enjoo,
  • Erupções na pele.

Atenção – esse medicamento não deve ser utilizado por mulheres no período de gestação, senão com a recomendação médica.

Valor desse medicamento – o valor desse medicamento varia de acordo com a sua apresentação.

Azitromicina Antibiótico

Azitromicina é mais um antibiótico para garganta inflamada com pus que vamos encontrar no mercado.

Esse medicamento atua no organismo inibindo a síntese de proteínas de bactérias sensíveis a Azitromicina e leva a eliminação dos micro-organismo.

Substância ativa nesse medicamento – cada comprimido revestido contém 500 mg de Azitromicina.

Como usar esse medicamento – Por se tratar de um antibiótico, Azitromicina só pode ser recomendada por um médico responsável. A dosagem para esse medicamento dependerá da gravidade do problema a ser tratado.

Efeitos adversos desse medicamento – esse medicamento pode apresentar uma variedade de efeitos adversos, tais como:

  • Náuseas,
  • Vômitos,
  • Diarreia,
  • Fezes amolecidas,
  • Alteração no funcionamento do fígado,
  • Icterícia,
  • Alteração no exame de sangue como a redução das células de defesa ou plaquetas,
  • Alteração nos batimentos cardíacos,
  • Tonturas,
  • Sonolência,
  • entre outros efeitos indesejáveis.

Valor desse medicamento – a embalagem com 5 comprimidos revestidos de Azitromicina 500 mg tem um valor aproximado de R$ 43,00 reais.

Benzetacil Injetável

Mais um medicamento recomendado para combater as infecções causadas por micro-organismos que atacam o sistema respiratório e outros órgãos no corpo.

Substância ativa nesse medicamento – cada ml da suspensão contém 300.000 UI de benzilpenicilina benzatina.

Como usar esse medicamento – a aplicação deve ser feita via intra-muscular profunda no quadrante superior lateral da nádega. A dosagem para o tratamento deve ser orientada pelo médico que antes precisará fazer uma avaliação clínica do paciente.

Efeitos adversos desse medicamento – entre os efeitos adversos que esse medicamento pode apresentar estão:

  • Dor de cabeça,
  • Náuseas,
  • Vômitos,
  • Infecção na vagina,
  • Surgimento de sapinho na boca.

Valor desse medicamento – uma ampola de Benzetacil tem um valor aproximado de R$ 15,00 reais.

Corticoides para Garganta com pus

A formação de pus na garganta acontece por conta do sistema de defesa do corpo quando o organismo precisa reagir a agentes infecciosos, sejam os vírus ou as bactérias que causam a inflamação das Amígdalas ou então da Faringe. Essas infecções podem causar a Mononucleose ou a Amigdalite Bacteriana.

O tratamento precisará ser feito levando-se em conta o agente causador do problema e, nesse caso, é importante buscar por ajuda médica.

Por vezes o médico poderá receitar um tipo de anti-inflamatório ou então antibiótico para resolver o problema. Porém em outros casos, também poderá recomendar o uso de medicamentos corticoides.

Lembrando que os Corticoides só são recomendados quando os anti-inflamatórios não resolvem o problema ou então quando a dor e o desconforto por parte do paciente é muito intenso.

Remédio Prednisona

Prednisona é uma das opções em medicamento corticoide que os médicos poderão recomendar se acaso os tratamentos anteriores não resolveram o problema da garganta.

Esse medicamento apresenta uma ação combinada de anti-inflamatório, analgésico, antialérgico e também antirreumático capaz de tratar de doenças bem variadas.

Substância ativa no medicamento – cada comprimido contém 5,0 mg ou 20 mg de Prednisona.

Como usar o medicamento – a dose recomendada tanto para adultos como para crianças vai depender da gravidade do problema a ser combatido. Em geral, o médico poderá recomendar um tratamento com dosagem variável entre 5,0 mg e 60 mg ao dia para os adultos.

Já para as crianças, a recomendação costuma ser de 0,14 mg a 2 mg/kg de peso. Mas também nesse caso, a dosagem vai variar de acordo com a gravidade do problema.

Efeitos adversos desse medicamento – o uso desse medicamento pode promover uma variedade de efeitos adversos. Por isso é imprescindível que se busque por um bom médico para administrar o tratamento seguro.

Contra-indicações – esse medicamento é contra-indicado para pacientes com infeções sistemáticas provocadas por fungos.

Tratamento caseiro para Amigdalite

Buscar por remédios caseiros para combater a Amigdalite pode ser vantajoso em algumas situações, pois os efeitos adversos e contra-indicações são bem menores. Porém, durante o tratamento é importante não ingerir alimentos frios e também proteger-se nos dias mais frios.

Entre os medicamentos mais recomendados podemos citar:

  • Água com sal – prepare uma mistura de água com sal para fazer gargarejo. Nesse caso, providencie 700 ml de água morna para 2 colheres (sopa) de sal.

Os gargarejos devem ser feitos pelo menos 4 vezes por dia. Cada gargarejo deve durar pelo menos 3 minutos, dando uma atenção maior para o gargarejo antes de ir para a cama.

  • Infusão com Tomilho – por conta de substâncias como o Timol e o Carvacrol encontrados no Tomilho, essa erva é conhecida como um excelente antibiótico. Por isso, pode ser usado como um grande auxiliar no tratamento de doenças respiratórias onde é necessário o uso de antibióticos.

Como preparar a infusão – coloque para ferver 250 ml de água e mais 1 colher (sopa) de Tomilho. Assim que levantar fervura, retire do fogo e deixe descansar por 10 minutos e então beba em seguida.

Sempre que possível evite pegar o frio da noite, pelo menos enquanto estiver com o problema nas amígdalas.

Garganta de Bebê e criança pequena Inflamada

Quando o problema na garganta do bebê e crianças maiores é causado por bactérias, geralmente uma infestação provocada pelo Estreptococo do grupo A. Apesar de ser mais raro acontecer em bebês e crianças menores, os sintomas que esse tipo de infestação apresenta são:

  • Febre alta (geralmente superior a 39º C),
  • Surgimento de placas purulentas nas amígdalas da criança,
  • Falta de apetite por conta do desconforto,
  • Surgimento de ínguas no pescoço,
  • entre outros sintomas.

Por se tratar de infecção por bactérias, o tratamento precisará ser feito com antibióticos que apenas o médico poderá recomendar. Após uma avaliação segura do quadro clínico do paciente, o médico então dará o diagnóstico e administrará o melhor tratamento.

Esse tratamento precisa se bem eficaz, pois os micro-organismos precisam a todo o custo serem combatidos rapidamente. Infelizmente, quando não se alcança o melhores resultados no tratamento, existe risco de problema mais graves como, por exemplo, a Otite (inflamação do ouvido) e também a Sinusite.

Como se não bastasse, em situações ainda mais complicadas, a criança ainda pode passar a sofre de Febre Reumática que comprometerá as válvulas cardíacas e também as articulações.

Tratamento com antibiótico é preciso ser feito segundo a recomendação médica. Por isso, seja a dosagem correta, intervalos de administração e também o período, tudo precisa ser estipulado pelo pediatra.

Além disso, mesmo que os sintomas desapareçam mais cedo, é importante continuar o tratamento até o final. Do contrário, pode ocorrer uma reincidência da infestação e as bactérias se tornarem mais resistentes.

 

Leia também: